Planejamento Estratégico

O Programa de Pós-Graduação em Contabilidade (PPGC) da Universidade federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolveu seu Planejamento Estratégico considerando os objetivos a serem alcançados e o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) UFSC 2020-2024. https://pdi.ufsc.br/pdi-2020-2024/

Alinhado com o modelo de gestão participativo e colaborativo do Programa, a realização do planejamento deu-se com o envolvimento de professores, alunos, egressos e convidados. A partir do diálogo entre os participantes foram propostos caminhos de desenvolvimento para o PPGC.

Missão

Formar mestres e doutores com sólida base teórica, capacidade crítica e inovadora, comprometidos com o desenvolvimento científico e tecnológico e as demandas da sociedade.

Visão

Ser um programa de pós-graduação de referência em contabilidade, com inserção internacional nas áreas gerencial e financeira.

Para o desenvolvimento do Planejamento Estratégico elaborou-se uma análise SWOT, a fim de identificar as oportunidades e ameaças e os pontos fortes e fracos do PPGC.

Oportunidades

  • Parcerias internacionais com universidades para intercâmbio, cotutela e pesquisa;
  • Parcerias com universidades da América Latina e outros países de idioma espanhol;
  • Editais de órgãos de fomento voltados à internacionalização das universidades;
  • Financiamentos de organismos internacionais para intercâmbio e pesquisa;
  • Existência de fundos de apoio para professor visitante estrangeiro;
  • Aproximação com entidades público-privadas para financiamento de projetos específicos;
  • Parcerias com outras universidades brasileiras com finalidade de solidariedade e nucleação.

Ameaças

  • Instabilidade nas políticas governamentais de financiamento da pós-graduação;
  • Intempestividade na divulgação das diretrizes de avaliação dos programas pela CAPES;
  • Variabilidade das políticas de financiamento da pesquisa por órgãos de fomento;
  • Restrição de recursos para financiamento da pós-graduação.

Pontos Fortes

  • Consistência das linhas e grupos de pesquisa;
  • Docentes bolsistas de produtividade de pesquisa do CNPq;
  • Experiência, competência e qualificação do corpo docente;
  • Ofertas de seminário de professores externos e/ou estrangeiros;
  • Renovação do quadro docente;
  • Integração entre a pós-graduação e a graduação;
  • Participação de alunos da graduação em grupos de pesquisa;
  • Orientação de alunos de iniciação científica;
  • Atração de estudantes de mestrado e doutorado de diferentes regiões do país;
  • Posição profissional dos egressos em entidades públicas e privadas;
  • Preparação dos doutorandos para atuarem como debatedores em congressos e avaliadores de periódicos classificados no Qualis/CAPES;
  • Transferência de conhecimento e tecnologia por meio da realização de eventos internacionais em parceria entre universidades, empresas e instituições de apoio para fomentar a inovação.

Pontos Fracos

  • Número de alunos em doutorado sanduíche no exterior;
  • Projetos de cooperação internacional;
  • Produção internacional em periódicos indexados (JCR, SJR e outros);
  • Oferta de disciplinas em idioma estrangeiro;
  • Participação em editais e prospecção de projetos junto ao governo e iniciativa privada;
  • Integração/interação com a iniciativa privada.

A partir da identificação das oportunidades e ameaças e dos pontos fortes e fracos do PPGC, foram elaboradas as estratégias e propostas as ações que seguem.

Estratégias

Estratégia 1. Fortalecer políticas de financiamento da pesquisa para a pós-graduação
Ações:

  • Intensificar a participação na busca de financiamentos;
  • Reforçar a proatividade do Programa frente a mudanças nos critérios de avaliação da CAPES;
  • Incentivar a diversificação das fontes de financiamento para minimizar o efeito da variabilidade das políticas de financiamento da pesquisa;
  • Fortalecer redes para maior consistência dos projetos e sucesso na obtenção de financiamentos;
  • Buscar parcerias público-privadas;
  • Concorrer a fontes de financiamento para indexação (Scielo e Scopus) da Revista Contemporânea de Contabilidade.

Estratégia 2. Alavancar a internacionalização do PPGC
Ações:

  • Incentivar os alunos de doutorado para a realização de doutorado sanduíche no exterior;
  • Estimular a participação dos docentes e discentes em eventos internacionais para formação de redes;
  • Ampliar e reforçar convênios internacionais;
  • Fortalecer a formação de redes com pesquisadores internacionais para intensificar as publicações conjuntas;
  • Apoiar a capacitação e apoio ao corpo docente visando à internacionalização;
  • Criar disciplinas piloto a serem ministradas em outros idiomas.

Estratégia 3. Fortalecer a integração do PPGC com a graduação
Ações:

  • Estimular os mestrandos e doutorandos a atuarem como co-orientadores e avaliadores de TCCs da graduação;
  • Fortalecer a participação de alunos da graduação nos eventos científicos promovidos pelo PPGC;
  • Incentivar a submissão de trabalhos transversais (graduação e pós-graduação) no Congresso UFSC de Controladoria e Finanças e no Congresso UFSC de Iniciação Científica em Contabilidade.
  • Estimular os discentes do estágio docência na adoção de metodologias e didáticas inovadoras.

Estratégia 4. Contribuir enquanto elemento agregador de valor para a sociedade
Ações:

  • Incentivar os docentes e discentes a participarem de observatórios sociais que atuam na busca de transparência de ações públicas;
  • Realizar eventos que despertem a cidadania nos estudantes do ensino fundamental, médio e superior, pela participação no orçamento público e a sua transparência;
  • Organizar eventos de conscientização da necessidade de preservação ambiental, especialmente no uso racional de água;
  • Participar da transferência de conhecimento e tecnologia por meio de eventos internacionais com parceria entre universidades, empresas e instituições;
  • Socializar as produções científicas dos programas a partir da Revista Contemporânea de Contabilidade;
  • Buscar a indexação (Scielo e Scopus) para aumentar o fator de impacto da Revista Contemporânea de Contabilidade.